Instituto Pensar - Coutinho acredita que economia criativa √© alternativa pois alia ¬ďsaberes¬Ē e tecnologia

Coutinho acredita que economia criativa √© alternativa pois alia ¬ďsaberes¬Ē e tecnologia

por redação FJM em 22/03/2019.

O presidente nacional do PSB , Carlos Siqueira, e o presidente da Fundação João Mangabeira (FJM), Ricardo Coutinho, abriram o Seminário Internacional sobre Economia Criativa, nesta quinta-feira (21), em Brasília.

Estiveram presentes deputados federais e estaduais, senadores, militantes, além de representantes dos segmentos sociais.

O presidente da FJM, Ricardo Coutinho, lembrou que a economia criativa √© "a nova economia¬Ē e que ela est√° baseada no conhecimento e na tecnologia.

"O mundo n√£o se divide mais em quem tem ex√©rcito e quem tem ind√ļstria. Uma nova economia vem surgindo, baseada em saberes, em tecnologia, e o PSB quer aprofundar esse debate¬Ē, afirmou.

"O PSB, com 70 anos de caminhada, tem a ousadia de colocar na agenda temas t√£o transformadores como a economia criativa. "Que a gente incorpore esse tema em nossos discursos e no dia a dia¬Ē, defendeu Coutinho.

Carlos Siqueira destacou a iniciativa de o PSB debater o tema, de forma pioneira entre os partidos políticos, e defendeu que os socialistas trabalhem para que os conceitos de economia criativa sejam aplicados para o desenvolvimento de municípios, estados e do país.

"Precisamos continuar discutindo a economia criativa nas dire√ß√Ķes dos estados, com a sociedade, com os estudantes, com os empres√°rios. Esse tema precisa ser materializado¬Ē, defendeu.

O evento segue nesta sexta-feira (22) com alguns dos maiores especialistas e autoridades nacionais e internacionais em economia criativa. Inclus√£o social, pol√≠ticas p√ļblicas, cidades criativas, inova√ß√£o e educa√ß√£o s√£o alguns dos temas da programa√ß√£o.

Para o presidente do PSB, o debate sobre economia criativa deve ser entendido como uma resposta ao atual quadro de deterioração da política e de despolitização dos partidos e dos políticos.

"Neste quadro de adversidades que estamos vivendo, a resposta do Partido Socialista Brasileiro tem que ser da auto-renova√ß√£o¬Ē, afirmou.

"Precisamos repensar, para que tenhamos mais identidade, mais propostas program√°ticas consonantes com a modernidade e com o desenvolvimento inclusivo que desejamos para o nosso pa√≠s¬Ē, defendeu.

Siqueira lembrou que a economia criativa foi incorporada ao conte√ļdo program√°tico do partido em mar√ßo de 2018, durante o XIV Congresso Nacional. √Č a primeira vez que o PSB realiza um semin√°rio internacional sobre o tema.

Para Siqueira, os socialistas devem enxergar a import√Ęncia de um nova economia que tem base no conhecimento, na tecnologia e na inova√ß√£o.

O presidente do PSB defendeu ainda que, para o desenvolvimento inclusivo de um pa√≠s, √© necess√°rio que haja equil√≠brio entre pol√≠ticas econ√īmica e social.

"N√£o se pode pensar a economia apartada das pol√≠ticas sociais, e nem se pode pensar a pol√≠tica social apartada da economia. A pol√≠tica econ√īmica existe para sustentar as pol√≠ticas sociais¬Ē, sustentou.

"√Č preciso promover a igualdade distribuindo riqueza, e para se distribuir riqueza √© necess√°rio criar. E s√≥ se cria no desenvolvimento, e s√≥ se cria com economia moderna¬Ē, defendeu.

Estiveram presentes Domingos Leonelli, secret√°rio especial da Executiva Nacional e presidente do Instituto Pensar, respons√°vel pela curadoria do semin√°rio.

Também participaram os deputados federais Bira do Pindaré (MA), João Campos (PE), Lídice da Mata (BA), Rodrigo Coelho (SC), e a senadora Leila Barros (DF).

Estiveram presentes ainda os ex-deputados federais, Janete Capiberibe (AP), Odorico Monteiro (CE), Valadares Filho (SE), o ex-governador Rodrigo Rollemberg, o deputado estadual Serafim Correa (AM) e o ex-senador Jo√£o Capiberibe (AP).

Al√©m dos secret√°rios nacionais dos segmentos sociais Valneide Nascimento (NSB), Joilson Cardoso (SSB), Tathiane Ara√ļjo (LGBT), Dora Pires (SNM), e Acilino Ribeiro (MPS).

Veja as fotos do evento aqui: www.flickr.com

Fonte: www.fjmangabeira.org.b



0 Coment√°rio:


Nome: Em:
Mensagem: