Instituto Pensar - Michelle Bolsonaro tenta fugir do esc√Ęndalo das joias milion√°rias

Michelle Bolsonaro tenta fugir do esc√Ęndalo das joias milion√°rias

Michelle Bolsonaro discursa com tom religioso em lançamento de campanha de Bolsonaro. Foto: Reprodução

Logo que veio √† tona, a partir de mat√©ria do jornal Estad√£o, o esc√Ęndalo das joias milion√°rias "dadas? por autoridades da Ar√°bia Saudita em 2021 ao governo brasileiro e que Jair Bolsonaro tentou fazer chegar ao Brasil de maneira ilegal, na √ļltima sexta-feira (3), Michelle Bolsonaro reagiu com deboche e ironia

As pe√ßas ? um colar, anel, rel√≥gio e par de brincos de diamantes avaliados em R$ 16,5 milh√Ķes ? vieram escondidas na mala de um assessor do ex-ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerquen√£o foram declaradas e acabaram apreendidas pela Receita Federal. Nos meses seguintes, o ex-presidente mobilizou diferentes setores do governo para tentar reaver o "tesouro?

Leia tamb√©m: Projeto Mata Adentro: IFBaiano oferta curso que promove turismo na Mata Atl√Ęntica

Em sua primeira manifesta√ß√£o sobre o assunto, Michelle fez deboche, mas n√£o explicou nada. "Quer dizer que ?eu tenho tudo isso? e n√£o estava sabendo? Meu Deus! Voc√™s v√£o longe mesmo hein? Estou rindo da falta de cabimento dessa imprensa vexat√≥ria?, escreveu a ex-primeira-dama atrav√©s dos stories do Instagram. 

Apesar do tom ir√īnico, Michelle est√° preocupada com o desenrolar do tema, visto que o esquema de seu marido para ficar com as joias j√° √© alvo de investiga√ß√£o da Pol√≠cia Federal e do Minist√©rio P√ļblico Federal. Segundo reportagem da CNN Brasil publicada nesta segunda-feira (6), a ex-primeira-dama j√° acionou um advogado para avaliar um "requerimento formal? com o objetivo de que o conjunto de pe√ßas milion√°rias em diamante sejam enviadas de volta √† Ar√°bia Saudita. 

A esposa de Bolsonaro quer ainda, ao consultar o advogado, saber que tipo de correla√ß√£o pode ser feita entre ela e as joias em quest√£o. Michelle, de acordo com relatos obtidos pela CNN, teria reclamado com aliados que ela foi a "√ļltima a saber? do esquema que Bolsonaro encampou para tentar reaver as joias. Neste momento, ela busca aux√≠lio jur√≠dico para se safar do esc√Ęndalo que j√° virou caso de pol√≠cia. 

Polícia Federal

O ministro da Justi√ßa Fl√°vio Dino solicitou formalmente √† Pol√≠cia Federal (PF), nesta segunda-feira (6) a "apura√ß√£o de poss√≠veis fatos criminosos? na tentativa do governo do ex-presidente Jair Bolsonaro de receber ilegalmente joias da Ar√°bia Saudita.

O documento, assinado pelo ministro e encaminhado ao diretor-geral da PF, Andrei Rodrigues, diz que "nos √ļltimos dias, vieram a lume fatos relativos ao ingresso de joias de elevado valor em territ√≥rio nacional, transportadas por ex-ministro de Estado e um dos seus assessores, sem os procedimentos legais, conforme entendimento da autoridade administrativa competente?.

"Havendo les√Ķes a servi√ßos e interesses da Uni√£o, assim como √† vista da repercuss√£o internacional do itiner√°rio em tese criminoso, imp√Ķe-se a atua√ß√£o investigativa da Pol√≠cia Federal?, diz ainda.

A apura√ß√£o, que deve come√ßar ainda nesta segunda, ficar√° a cargo da Superintend√™ncia da PF em S√£o Paulo pois √© o local onde as joias foram apreendidas. O MPF (Minist√©rio P√ļblico Federal) de Guarulhos foi acionado para acompanhar o caso.

Membros da Receita Federal e do Minist√©rio P√ļblico Federal (MPF) se re√ļnem nesta segunda-feira para falar sobre o caso. A tend√™ncia √© que seja unificada a investiga√ß√£o com a PF.

De acordo com Fl√°vio Dino, o caso pode configurar crimes de descaminho, peculato e lavagem de dinheiro.



0 Coment√°rio:


Nome: Em:
Mensagem: