Instituto Pensar - EUA: Presidente eleito Joe Biden tem planos para LGBTs

EUA: Presidente eleito Joe Biden tem planos para LGBTs

por: Renata Noiar 


O democrata Joe Biden chegou no s√°bado (7) aos 270 delegados necess√°rios para ser eleito o 46¬ļ presidente dos Estados Unidos. Ao longo da campanha, Biden prometeu planos para LGBTs como a aprova√ß√£o da chamada "Lei da Igualdade? j√° durante os primeiros 100 dias, conforme relembra o Observat√≥rio G.

A "Lei da Igualdade? visa proibir a discrimina√ß√£o com base no sexo, identidade de g√™nero e orienta√ß√£o sexual em todo o pa√≠s. O tema vem ganhando destaque no governo Trump de forma contr√°ria: religiosos pedem direito de n√£o contratarem pessoas LGBTs em suas empresas, com base em valores religiosos.

Leia tamb√©m: LGBT+ aumentam representatividade nos EUA

Segundo o Gay Times, Joe Biden sempre se mostrou favor√°vel √† comunidade LGBTQIA+ desde os tempos em que trabalhou como vice do presidente Obama. Ele foi um dos respons√°veis por revogar a pol√≠tica "Don?t ask, don?t tell?, em que proibia militares LGBTs nas for√ßas armadas do pa√≠s. Biden tamb√©m apoiou o casamento de pessoas do mesmo sexo em 2012, que acabou sendo aprovado pela Suprema Corte do pa√≠s em 2015.

Em um dos seus com√≠cios, Biden declarou que: "Ningu√©m deve ser demitido, ter uma casa negada ou acesso a servi√ßos por ser quem √© ou por quem ama?, em refer√™ncia aos LGBTs.

O candidato tamb√©m promete apoiar pessoas transg√™neros e n√£o bin√°rias na for√ßa de trabalho para garantir o combate √† discrimina√ß√£o. Biden tamb√©m afirma que ir√° enfrentar a pol√≠tica vigente que permite abrigos financiados pelo governo federal recusarem pessoas trans em suas estadias.

Em seu plano de governo, est√° descrito que Joe Biden acredita que todo ser humano deve ser tratado sem discrimina√ß√£o, com respeito e dignidade √† pessoa humana. A "Lei da Igualdade? visa proibir a discrimina√ß√£o com base no sexo, identidade de g√™nero e orienta√ß√£o sexual em todo o pa√≠s. O presidente eleito tamb√©m promete apoiar pessoas transg√™neros e n√£o-bin√°rias.

Com informa√ß√Ķes do Observat√≥rio G



0 Coment√°rio:


Nome: Em:
Mensagem: