Instituto Pensar - Bolsonaro mantém silêncio sobre derrota de Trump e pressão aumenta

Bolsonaro mantém silêncio sobre derrota de Trump e pressão aumenta

por: Eduardo Pinheiro


Presidente da Rep√ļblica Jair Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Foto: Alan Santos/PR

Quase 48 horas depois que os principais l√≠deres mundiais cumprimentaram o democrata Joe Biden pela vit√≥ria nas elei√ß√Ķes norte-americanas, o presidente Jair Bolsonaro mant√©m o sil√™ncio. No entanto, assessores pol√≠ticos e tamb√©m militares do governo defendem, nos bastidores, um pronunciamento antes do resultado oficial do pleito, segundo reportagem do Valor.

O posicionamento moderado que Bolsonaro tem adotado, apesar da derrota do seu aliado, Donald Trump, segue as recomenda√ß√Ķes do Minist√©rio das Rela√ß√Ķes Exteriores, Ernesto Ara√ļjo, e de sua assessoria internacional. A proclama√ß√£o oficial da vit√≥ria de Biden s√≥ ocorrer√° em dezembro.

Leia tamb√©m: Vit√≥ria de Biden aumenta press√£o pela sa√≠da de Ara√ļjo e Salles

Essa postura, entretanto, pode implicar a perda do "timing?, com preju√≠zos pol√≠ticos e econ√īmicos ao Brasil.

Um ministro do STF disse ao Valor, reservadamente, que acredita que o governo brasileiro n√£o vai demorar muito para reconhecer a vit√≥ria de Biden. Para este magistrado, √© dif√≠cil que a ofensiva de Trump na Suprema Corte altere o resultado pr√≥-democrata, que parece consolidado.

O republicano continua se negando a reconhecer a vitória do adversário. Após a divulgação da vitória de Biden pela mídia no sábado (7), Trump divulgou nota oficial alertando que a eleição "está longe de terminar?.

O isolamento de Bolsonaro fica mais evidente ap√≥s aliados not√≥rios de Trump cumprimentaram Biden pela vit√≥ria e lhe desejaram sucesso: os primeiros-ministros de Israel, Benjamin Netanyahu, e da Hungria, Viktor Orb√°n, por exemplo.

Com informa√ß√Ķes do Valor



0 Coment√°rio:


Nome: Em:
Mensagem: