Instituto Pensar - Irmãos Bolsonaro e membros do governo visitaram indígenas sem máscaras, denuncia jornal

Irmãos Bolsonaro e membros do governo visitaram indígenas sem máscaras, denuncia jornal

por: Nathalia Bignon 


Eduardo e Fl√°vio Bolsonaro com ind√≠genas na Amaz√īnia, com Jorge Seif (de colete) e Gilson Machado Neto (de verde, √† esq.) ? (Foto: Reprodu√ß√£o)

Em visita ao Amazonas, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) estiveram em uma aldeia e conversaram com indígenas sem usar máscaras de proteção contra a Covid-19. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (23) pela Coluna Painel, na Folha de S.Paulo.

Uma foto foi publicada na segunda-feira (21) nas redes sociais do presidente da Embratur Gilson Machado Neto, que integrou a comitiva, denunciou o fato. Al√©m dele, Jorge Seif J√ļnior, secret√°rio de Aquicultura e Pesca, aparece nas imagens, todos sem m√°scaras.

"Nada se compara ao nosso pa√≠s quando o assunto √© turismo de natureza, etnoturismo e sustentabilidade. Aqui na Amaz√īnia 97% da √°rea do estado s√£o de florestas preservadas. Gastronomia ind√≠gena inclui ra√≠zes, ca√ßas, pescado e formigas, por sinal s√£o uma fonte farta de prote√≠nas e uma iguaria. Agradecer ao pessoal do batalh√£o ambiental que nos deu total apoio nessa miss√£o?, escreveu Machado na legenda das imagens.

Leia tamb√©m: Ap√≥s faltar acarea√ß√£o e dan√ßar com burro na TV, Fl√°vio Bolsonaro √© exposto por parlamentares

O sistema imunológico dos indígenas é reconhecidamente mais sensível em relação ao da população urbana, já que eles não têm histórico de interação com os mesmos vírus e bactérias, e a exposição à Covid-19 implica em riscos mais graves. Até esta quarta, o Brasil contabilizou 138.410 óbitos registrados e 4.602.918 diagnósticos doença em todo o país.

O advogado Luiz Eloy, liderança indígena, diz que a foto revela um "absurdo?. "Fica bem visível o posicionamento de um governo que não tem responsabilidade com os protocolos sanitários e que coloca em risco a vida das comunidades indígenas?, diz.

"Quando um v√≠rus entra na aldeia, √© muito diferente o impacto que tem no contexto urbano. Se voc√™ tem o ingresso de uma pessoa contaminada na aldeia, voc√™ tem o imediato espalhamento do v√≠rus. Existe o risco concreto de ter a morte coletiva de comunidades inteiras. √Č uma irresponsabilidade muito grande. Mais um crime muito grave contra os povos origin√°rios do pa√≠s?, completa.

Mais de 800 indígenas mortos

Segundo levantamento da Articula√ß√£o dos Povos Ind√≠genas do Brasil (Apib), 32.990 ind√≠genas j√° foram contaminados pela Covid-19 e 825 morreram, de 158 povos .

Na ter√ßa-feira (22), em discurso √† Assembleia da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pai dos dois parlamentares, tentou atribuir a √≠ndios e caboclos a responsabilidade pelas queimadas no Brasil.

O governo federal tem sido criticado internacionalmente por suas políticas na área ambiental e sofre pressão para que sejam implementadas mudanças, sob risco de ruptura em tratativas comerciais.



0 Coment√°rio:


Nome: Em:
Mensagem: