Instituto Pensar - EUA flexibilizam voos do Brasil, mas turismo continua suspenso

EUA flexibilizam voos do Brasil, mas turismo continua suspenso

por: Eduardo Pinheiro 


Passageiros e funcionários circulam vestindo máscaras contra o novo coronavírus (Covid-19) no Aeroporto Internacional Tom Jobim- Rio Galeão. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Desde segunda-feira (14) os voos com proced√™ncia do Brasil podem pousar em qualquer um dos 149 aeroportos internacionais dos Estados Unidos. O governo norte-americano, por√©m, manteve as restri√ß√Ķes a passageiros brasileiros ou estrangeiros que tenham estado no Brasil no per√≠odo de 14 dias antes da viagem aos EUA. 

A flexibiliza√ß√£o das regras √© aplicada apenas para pessoas que tenham resid√™ncia permanente nos EUA, familiares de americanos, integrantes de tripula√ß√Ķes a√©reas e convidados do governo.

Antes, passageiros estrangeiros s√≥ poderiam desembarcar em 15 terminais dos EUA, onde passavam por uma triagem que procurava identificar poss√≠veis sintomas de contamina√ß√£o pelo coronav√≠rus. O governo dos Estados Unidos afirmou tamb√©m que os passageiros n√£o passar√£o mais pela r√≠gida inspe√ß√£o de sa√ļde.

Al√©m do Brasil, outros 30 pa√≠ses que eram alvos de restri√ß√Ķes mais r√≠gidas foram inclu√≠dos na lista de permiss√Ķes do governo americano, entre eles: China, Reino Unido, Irlanda e Ir√£.

medida que restringiu voos vindos do Brasil foi tomada pelos EUA em maio, dois dias pa√≥s a Organiza√ß√£o Mundial da Sa√ļde (OMS) anunciar que a Am√©rica Latina era o novo epicentro da pandemia.

Com informa√ß√Ķes da Folha de S. Paulo



0 Coment√°rio:


Nome: Em:
Mensagem: