Instituto Pensar - 1º de maio virtual une centrais pelo ‘Fora, Bolsonaro’

1º de maio virtual une centrais pelo ‘Fora, Bolsonaro’

O "Fora, Bolsonaro” será a palavra de ordem neste 1º de maio, Dia Internacional do Trabalhador, convocado pelas maiores centrais sindicais do Brasil.

Neste ano, sem a tradicionais manifestações de rua por conta da pandemia, as entidades de classe irão realizar um ato virtual conjunto em defesa do isolamento social, da manutenção do emprego e renda dos trabalhadores, conduzidas pelo "Fora, Bolsonaro”.

No ato que será transmitido pela internet, os dirigentes sindicais pretendem articular uma frente ampla em favor da democracia e da Constituição.

Palanque diverso

O palanque virtual reunirá políticos de diferentes partidos, como os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e a ex-senadora Marina Silva (Rede).

Também foram convidados para o ato os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, ainda sem confirmações, conta o Valor.

Essa é a terceira vez que as maiores centrais sindicais se unem para fazer um ato conjunto do 1º de maio.

A união dessas entidades em torno do Dia Internacional do Trabalho ocorre em uma conjuntura brasileira de ataques permanentes, por parte do governo Bolsonaro, aos direitos trabalhista e tentativas de enfraquecer a representatividade dos sindicatos.

A manifestação virtual é organizada pelas seguintes entidades de classe: CUT, Força Sindical, UGT, CSB, CTB, CGTB, NCST e movimentos populares.

Clique AQUI para assistir ao ato do 1º de maio amanhã, a partir das 11h30.

Com informações do Valor Econômico.



0 Comentário:


Nome: Em:
Mensagem: